Chip 31 anos ainda oferece benefícios aos usuários

Chip 31 anos ainda oferece benefícios aos usuários

A maioria dos adolescentes e jovens está perdendo cada vez mais o costume de fazer ligações, quando existem outras ferramentas que substituem isso, como aplicativos de mensagens instantâneas. Porém, algum tempo atrás, essas opções não existiam. Sendo assim, o hábito de telefonar era mais comum entre os jovens, ainda mais entre os clientes da Oi, operadora que chegou ao mercado de telefonia celular com a promoção do “Chip 31 anos”.

A promoção foi lançada em março de 2002, há exatos 15 anos, e prometia ligações gratuitas em todos os finais de semana durante os 31 anos seguintes. O número fazia referência ao código da empresa. Quem comprou o chip da Oi vem fazendo ligações de graça nos finais de semana nos últimos 15 anos.

O advogado César Guedes é um dos usuários que adquiriu o chip. Na época ele tinha 15 anos, e hoje, com 30, ainda aproveita os benefícios da promoção. “Como durante a semana fico mais focado no trabalho, aproveito os finais de semana para fazer as ligações”, indica César.

Ele lembra a época do início da promoção, em que todos seus colegas do colégio tinham o chip. “Naquela época todo mundo comprou o chip, então a gente fazia conferência, as ligações chegavam até a nove pessoas e duravam um bom tempo”.

César conta que é o único do grupo de amigos que continuou com o chip, pois a maioria se desfez do chip, alguns até chegaram a vender. “A febre durou uns dois, três anos. Teve gente que chegou a colocar o chip à venda por R$ 800 nos classificados”, lembra.

O Tribuna do Ceará entrou em contato com a Oi para verificar quantos cearenses ainda possuem a promoção. Porém, a empresa não soube informar nem quantos adquiriram de início, nem o atual número. Atualmente, a promoção não é mais comercializada.

Na época, a expectativa da Oi era de atrair 500 mil assinantes em nove meses e, por isso, lançou a promoção para cadastro de interessados antes mesmo de ter recebido licença da Anatel para começar a funcionar.

De início, apenas nove capitais tiveram pontos de venda: Fortaleza, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Belém, Natal, Maceió, João Pessoa e Aracaju. Os outros estados só foram contemplados com a operadora depois.

A assessoria de comunicação da operadora pontua que estudou os hábitos de consumo de serviços de telecom no Brasil, então lançou os planos Oi Livre (pré-pago), Oi Mais Controle (controle) e Oi Mais (pós-pago). Nenhum foi tão febre quanto o plano especial do Chip 31 anos.

Chip 31 anos ainda oferece benefícios aos usuários
O advogado César Guedes é um dos usuários que adquiriu o chip (FOTO: Hayanne Narlla/Tribuna do Ceará)

Vi no Tribuna do Ceará

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *